Winston Riley sofre novo ataque

08/11/2011 07:46

 

Winston Riley atingido

O produtor e compositor jamaicano Winston Riley, proprietário do selo Techniques, foi baleado em sua casa em Kingston no dia 1° de novembro.

Riley foi atingido no braço e na cabeça e levado ao hospital. Este é o terceiro atentado sofrido pelo produtor em menos de 4 meses.

 

O renomado produtor e compositor jamaicano Winston Riley, 65, foi baleado em sua própria casa em Kingston, na Jamaica, no dia 1° de novembro.

Riley foi atingido na cabeça e no braço, e foi levado a um hospital da região. Por questões de segurança, o nome e a localização do hospital não foram divulgados. Também não foram divulgadas as circunstâncias do ataque e nem o estado de saúde dele.

Este é o terceiro ataque que o produtor sofre em menos de quatro meses. Em agosto ele foi baleado e em setembro foi esfaqueado. A polícia investiga o caso e uma possível relação entre os incidentes.

Um dos produtores de maior sucesso da indústria, Winston Riley começou como cantor em 1962, quando formou o grupo The Techniques, ao lado de Slim Smith.

O grupo emplacou sucessos como "Queen Majesty" e "You Don't Care". Porém, em 1968, Riley deixou o grupo e fundou o selo Techniques.

Desde então, pode-se dizer que ele foi e continua sendo um dos produtores mais ativos da indústria.


Winston Riley sofre novo ataque

Nascido e criado no centro de Kingston, Winston Riley iniciou em 2008 um audacioso projeto: reformar toda a precária estrutura do seu estabelecimento em Orange Street, e transformá-lo num moderno estúdio e museu do reggae.

Em setembro de 2009 ele sofreu o primeiro de uma série de ataques, quando o prédio que ainda estava em reformas em Orange Street foi bombardeado e pegou fogo. Toda a estrutura de loja (no primeiro andar) e estúdio (no segundo andar) foi completamente destruída.


Winston Riley, dono do selo Techniques

O trabalho recomeçou do zero, porém este ano novos ataques e desta vez não à propriedade, mas sim ao próprio Winston Riley.

Na década de 60 e 70 a rua Orange Street era conhecida como Beat Street, por possuir um grande número de lojas, estúdios e gravadoras. Hoje o local é mais conhecido pela violência de gangues que praticamente tomaram a área central de Kingston.

Winston Riley investiu mais de 500 mil dólares na reforma do estúdio/museu que ele mesmo descreveu ser o grande sonho de sua vida.

Porém, no seu caso o sonho já está se tornando pesadelo, pois Riley virou alvo constante da violência e bandidagem presentes na capital jamaicana.

Resta a nós, fãs da música jamaicana, torcer pela recuperação de Winston Riley, e acreditar que a polícia e a justiça jamaicana irão fazer a sua parte, por mais difícil que possa parecer.

 

Conteúdo retirado so site : rasta.com.br

 

2leep.com
comments powered by Disqus
Voltar
2leep.com

Comentar

Nenhum comentário foi encontrado.